HERO CORP1.png
  • GANNZ

Os principais vencedores da 94ª edição do Oscars


A 94ª edição do Oscar finalmente chegou depois de uma temporada caótica de premiações.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas abriu caminho para muitas surpresas muito bem-vindas nas indicações ao Oscar deste ano, mas é hora de ver se os resultados finais refletirão o sentimento.

Infelizmente, a Academia está avançando com sua decisão de cortar 8 categorias da transmissão ao vivo em um esforço para aumentar as classificações.

Uma escolha que foi recebida com muitas críticas, os vencedores do Oscar de Curta Documentário, Edição, Maquiagem / Penteado, Trilha Sonora Original, Design de Produção, Curta de Animação, Curta de Ação ao Vivo e Som infelizmente não tiveram seu devido tempo no destaque este ano


Continue lendo para ver a lista completa de vencedores do Oscar 2022.


Melhor Fotografia - CODA

CODA é um remake em inglês da comédia dramática francesa La Famille Bélier.

Escrito e dirigido por Sian Heder, segue a história da estudante do ensino médio Ruby Rossi enquanto ela concilia suas responsabilidades familiares com suas próprias ambições. CODA significa filho de adultos surdos, e os dois pais e irmão de Ruby são surdos.

Melhor atriz coadjuvante - Ariana DeBose (Amor, sublime amor)

A atriz, que é descente de porto-riquenho, celebrou o reconhecimento, agradecendo ao diretor e enfatizando a representatividade, por sua descendência latina e por ser queer.

"Imagine essa garotinha no banco de trás de um Ford Focus, uma afro-latina queer que encontrou sua força na arte... É isso o que celebramos hoje" —disse a premiada atriz em seu discurso.



Melhor Ator Coadjuvante - Troy Kotsur (CODA)

Kotsur fez uma trajetória ascendente nos prêmios da crítica e dos sindicatos ao longo dos últimos meses, sendo primeiro homem com deficiência auditiva a vencer (e também a ser indicado) um Oscar de atuação.


Melhor Figurino - Cruella (Jenny Beavan)


Jenny já conta com duas estatuetas do Oscar nas categorias de figurino por Mad Max: Estrada da Fúria, de 2015, e Uma Janela para o Amor, de 1985. Indicada outras oito vezes pela Academia, ela ainda soma cinco indicações ao Emmy com dois troféus faturados e muitos outros prêmios.


Melhor Animação - Encanto

Como esperado, a Disney saiu vitoriosa em uma categoria do Oscar 2022 dominada pelos seus próprios filmes. Encanto se consagrou Melhor Filme Animado durante a grande premiação do cinema. O filme foi lançado nos cinemas em novembro de 2021, com uma bilheteria morna e críticas razoáveis. Foi só quando o longa chegou ao catálogo do Disney+ em dezembro que se tornou um verdadeiro fenômeno da cultura pop, dominando as redes sociais e colocando um de seus maiores hits na lista de músicas mais ouvidas da Billboard. A canção, “We Don’t Talk About Bruno”, inclusive foi apresentada ao vivo durante a cerimônia


É a quarta vitória da Disney, que já levou por "Frozen", "Operação Big Hero" e "Zootopia".


DUNA

A ficção científica de Denis Villeneuve começou a noite já levando os prêmios de Melhor Som, Edição e Design de Produção. O compositor Hans Zimmer também levou a segunda estatueta da carreira por Melhor Trilha Sonora. Das categorias técnicas, o filme perdeu apenas Melhor Figurino e Melhor Maquiagem.

Duna fechou a noite com seis vitórias, entre as dez indicações que recebeu.


Cinematografia - (Greig Fraser)

Design de produção - (Zsuzsanna Sipos & Patrice Vermette)

Melhor Trilha Sonora - (Hans Zimmer)

Edição - (Joe Walker)

Som

Efeitos Visuais

Melhor Ator - Will Smith (King Richard)

E o favoritismo se confirmou: Will Smith venceu o Oscar de melhor ator por sua performance em King Richard: Criando Campeãs. Esta foi a terceira indicação do artista ao maior prêmio do cinema. As anteriores foram por Ali (2001) e À Procura da Felicidade (2006).

Will poderá ter que devolver a estatueta por ter agredido o comediante Chris Rock, minutos antes de receber sue premiação.



Melhor Atriz - Jessica Chastain (The Eyes of Tammy Faye)

No Oscar 2022, Chastain conquistou o prêmio de Melhor Atriz por sua aclamada atuação, repetindo o feito do SAG Awards e no Critics’ Choice Awards. O filme é dirigido por Michael Showalter

A artista subiu ao palco e recebeu o prêmio com um lindo discurso sobre diversidade. Alertando o público sobre os riscos do suicídio e chamou atenção também para a causa LGBTQIA+, grupo com grande número de casos registrados.


Na mesma categoria, concorriam outras grandes estrelas: Olivia Colman, por A Filha Perdida; Penélope Cruz, por Mães Paralelas; Nicole Kidman, por Apresentando os Ricardos; e Kristen Stewart, por Spencer.

Outras categorias:

  • Curta Documentário - The Queen of Basketball

  • Curta Animado - O Limpador de Pára-brisas

  • Curta Live-Action - T the Long Goodbye

  • Melhor Diretor - The Power of the Dog (Jane Campion)

  • Roteiro Original - Belfast (Kenneth Branagh)

  • Roteiro Adaptado - CODA (Sian Heder)

  • Música original - “No Time to Die” (No Time to Die)

  • Maquiagem e Penteado - The Eyes of Tammy Faye

  • Característica Internacional - Drive My Car (Japão)



Vem discutir as últimas notícias, teorias e curiosidades sobre a cultura pop com a gente

Não deixe de curtir nossa página nas redes sociais.

Facebook | Instagram


Posts recentes

Ver tudo

©2021 HERO PUB. Proibida qualquer reprodução sem autorização.